Quando o cotidiano escolar é interessante

Na escola Ativa é assim: o cotidiano é feito de momentos muito interessantes. Assim, aprende-se com entusiasmo e os dias nunca são iguais para os aprendizes. Quer ver alguns exemplos?

Aula de relações interpessoais no 1° ano culminou num trabalho em duplas no qual refletiram e ilustraram sobre o tema: “Respeitar-nos uns aos outros”

ciclo I

Turma do 3º ano pesquisando informações sobre o Projeto Espaço, na sala de informática do Ensino Médio.

ciclo II aciclo II inf

Resultado dos estudos sobre Árvore Genealógica – 5º ano, proposta de Ativa ideias.

ciclo II

Acreditamos que o cotidiano da escola precisa estar aberto à curiosidade do aprendiz. Como afirma o filósofo francês Edgar Morin*, “Os saberes não devem assassinar a curiosidade. A educação deve ser um despertar para a filosofia, para a literatura, para a música, para as artes. É isso que preenche a vida. Esse é o seu verdadeiro papel.”

*copiar e colar o link abaixo em seu browser  para acessar sua entrevista completa à Revista Prosa, Verso e Arte:

http://www.revistaprosaversoearte.com/o-verdadeiro-papel-da-educacao-edgar-morin/

 

 

Comemoração ao Dia Mundial da Água

Em  comemoração ao Dia Mundial da Água (22 de março) os estudantes  do Ensino Fundamental da escola Ativa realizaram atividades de conscientização sobre o tema, desenvolvido de forma lúdica.

Em grupos, os alunos do 3º ano prepararam uma dramatização sobre a importância da água e de sua preservação em nossa vida, elaboraram um cartaz explicando a importância da água para a sobrevivência de todos os seres vivos e sugeriram  atitudes possíveis para preservação da água em nossa escola e em nossa casa.

Porque em se tratando de Educação, refletir sobre as questões ambientais que afligem a humanidade é mais do  que uma oportunidade de produção de conhecimento, vem  a ser a necessidade de preservarmos a vida em  nosso planeta.

 

Atletismo para o desenvolvimento global

Turma do 1º ano do Ensino  Fundamental em  uma aula de atletismo na escola Ativa.

Além de realizarem a parte motora, aprendem sobre as regras e podem lidar concretamente com os números dos saltos, inclusive se medindo para verificar a própria altura, distinguindo o salto em distância e o em altura.

          

Afinal, o desenvolvimento físico está integrado ao desenvolvimento global e toda a equipe da Ativa está conectada para alcançar este fim.

UBUNTU!

Professor Fábio

Reportagem 9° ano – Amiguinhos da Onça

AMIGUINHOS DA ONÇA

Fazer piadinhas ou zoação com os colegas é normal para muitas pessoas, porém nem sempre são boas atitudes.

Uma pesquisa feita na escola Ativa mostrou que alguns adolescentes levam essas brincadeiras na diversão, não lembrando que podem ofender os colegas. Muitos contaram que já praticaram ou praticam brincadeira de mau gosto no dia-a-dia.

Nessa pesquisa discutimos sobre a pergunta “o que você acha que é brincadeira de mau gosto?“, e obtivemos algumas respostas, como:

-uma brincadeira que pra quem pratica é uma diversão, e pra quem sofre pode ser chato ou magoar.

-uma brincadeira chata.

– algo que machuca tanto fisicamente quanto psicologicamente.

 

Eles se esquecem que muitas brincadeiras feitas entre eles não são construtivas e se fossem com eles também não iriam gostar. Os entrevistados falam que eles levam na brincadeira tanto quem pratica quanto quem sofre, mas se esquecem que isso não é legal.

Normalmente quem pratica, já sofreu ou foi alvo um dia, a grande maioria dos alunos disse que praticam bullying para dar o troco, mas esquecem de pensar no essencial. Mesmo que eles já saibam qual é o sentimento que essas ‘’brincadeiras’’ de mau gosto trazem, fazem para ter o gosto de certa ‘’vingança’’, e aí que está o erro. As pessoas precisam urgentemente parar com isso, se já sofreram um dia não devem fazer com que outras pessoas também sintam o mesmo, porque assim vira um ciclo, você faz e você sofre.

Pessoas muitas vezes não percebem que praticam a ação com seus colegas e amigos, na entrevista realizada, percebemos que a maioria dos alunos já realizou algum tipo de brincadeira de mau gosto.

Em alguns casos de bullying, uns ajudam os outros a se recompor emocionalmente, pois muitas vezes o aluno que sofre bullying pensa em sair da escola, mudar de cidade ou até decisões mais drásticas, em casos distintos os pais não sabem o que os filhos estão passando no ambiente escolar ou com seus amigos.

Fizemos uma entrevista com a coordenadora Gisleine, conversamos sobre o que ela viveu no passado e qual seria a reação no presente. Conversamos também sobre maneiras e formas de resolver e ajudar a combater esse problema.

Ela relatou que no passado, sem ao mesmo existir o conceito bullying, várias pessoas já passavam por isso e ela sempre fazia de tudo para ajudar, pra ela isso é uma lição, nos dias de hoje ela ajuda mas de outras formas, aliás agora é adulta e antes era uma adolescente.

Para resolver, ela disse que sempre é bom ajudar a pessoa que está passando por isso, tentar deixá-la mais forte e lhe mostrar o quanto ela é capaz de qualquer coisa, que o bullying não pode atingir a vida pessoal, que isso não pode derrubá-la.

 Somos mais fortes que o bullying.

 

 

MPB contagia os alunos

Estudantes do II ciclo do Ensino Fundamental I (4º e 5º anos) da escola Ativa realizaram um trabalho de pesquisa a partir de canções da Música Popular Brasileira, enriquecendo seu repertório cultural e musical.

Orientados pela Prof. Lourdes De Matteu, os alunos do 4º ano exploraram a riqueza cultural contida em Bola de Meia, Bola de Gude (Milton  Nascimento), enquanto que os estudantes do 5º ano puderam conhecer mais a fundo as Águas de Março (Tom  Jobim), relacionando a melodia e a estação que se encerra neste mês.

Parabéns, Profª Lourdes, pela iniciativa, e aos alunos, por transformarem a oportunidade em conhecimento.

Alunos da Ativa se preparam para as comemorações do St Patrick’s Day

Como forma de extensão dos estudos e ampliação cultural dos costumes de países falantes da Língua Inglesa, tais como Estados Unidos e Irlanda, no dia 16 de março a escola comemorará o St Patrick’s Day com um lanche temático e brincadeiras típicas. Assim, os alunos e educadores estão convidados a virem para a escola nesse dia utilizando acessórios na cor verde, que é a cor tema da festa e os alunos do Ensino Fundamental II estão realizando atividades temáticas e construindo seus próprios acessórios.

 

  Happy St Patrick’s Day!!!