Educadoras da Ativa marcam presença no Sarau Rubem Alves, em Campinas

Na última quinta-feira, dia 18 de maio, as educadoras Heloísa (de Língua Portuguesa) e Lourdes (de Música) compareceram ao Teatro de Tábuas, em Campinas, para participarem de um Sarau em homenagem a Rubem Alves.

Organizado pelo Instituto Rubem Alves, em parceria com o teatro de Tábuas, o evento ofereceu apresentação da história “Como nasceu a alegria”,  contado por membros daquela companhia teatral e o grupo Samba (de Valinhos), com uma roda de samba de umbigada. O tema central do encontro lítero-musical versou sobre o instrumento da palavra como meio de transporte às profundezas de cada um de nós. Relacionando a “palavra” à oratória, o mediador convidado Jorge Luiz Brás, que foi amigo pessoal do escritor, aproximou o público das palavras por ele defendidas ao longo da vida, impulsionando reflexões sobre todos os aspectos humanos, em especial, a educação. Ritualisticamente regado a vinho, pão e sopa, o evento transformou em aconchego a noite que estava fria e chuvosa.

18596257_10207242613304080_663045492_o
Jorge Luiz Brás, diretor do Teatro de Tábuas

O Instituto Rubem Alves fica na cidade de Campinas e tem na direção a filha do escritor, Raquel Alves, que por meio de eventos como este e pela reedição de seus livros, mantém viva a memória do seu pai.

18618085_10207242682745816_2010463295_o
Raquel Alves, entre as educadoras Lourdes (à esquerda) e Heloísa (à direita)

Para as educadoras, a oportunidade de terem participado de um evento intelectual de tamanha grandeza, foi uma experiência ímpar. Representar a Ativa em círculos ampliados de discussão sobre a poética e a estética, além de enriquecedor, inspira a elaboração de atividades a serem realizadas por nossos alunos, e portanto avaliam positivamente a participação.

Revista Ativação, compartilhe essa ideia!

Nós, alunos do 1° ano do ensino médio e técnico de meio ambiente, dentro da disciplina de Aplicativos Informatizados, desenvolvemos a Revista Virtual Ativação (disponível no link abaixo), que tem como propósito transmitir informações sobre o meio ambiente e conscientizar as pessoas para sua preservação e aquisição de práticas sustentáveis.

Ao ler a revista, os leitores encontrarão pesquisas, conteúdos do ensino técnico e trabalhos feitos pelos alunos dentro do currículo do ensino médio, sendo que nessa primeira edição o foco encontra-se nos assuntos relacionados ao meio ambiente e a sociedade.

Convidamos a todos a conhecerem e acompanharem nossa revista, mergulhando conosco nesse universo verde que devemos preservar. Compartilhe essa ideia!

http://www.youblisher.com/p/1828494-REVISTA-ATIVACAO-1a-edicao/

foto revistalogo

Profissional da saúde compartilha conhecimentos na Ativa

O  enfermeiro Luíz Carlos Topan Júnior, pai do aluno Iago, do  5º ano, visitou a escola na última terça-feira, 16, para esclarecer algumas dúvidas da turma, que escolheu como tema de estudo o Sistema Reprodutor: gestação.

A escola acredita muito nessa parceria com a comunidade e na troca de informações com pessoas que lidam diariamente com  os assuntos em enfoque,  e agradece a atenção do Sr Luiz Carlos que enriqueceu o aprendizado dos estudantes.

18553688_1060576777376516_1574083334_o

 

Ativando homenageia mães em asilo

Os participantes da oficina de ações sociais Ativando, a fim de vivenciarem uma experiência relacionada ao Dia das Mães deste ano, escolheram homenagear mães que estão no asilo. Assim, no último encontro da turma antes da data, visitaram um dos asilos da cidade, levando aos idosos rosas e sorrisos.

As garotas da turma ensaiaram uma apresentação de dança e ginástica, que foi apresentada a todos os idosos. Num segundo momento, todos os membros do grupo entregaram rosas às mulheres presentes que eram mães.

Foi um momento gratificante para todos os envolvidos, em  especial para os alunos, que entraram em contato com novas experiências humanas e a importância do afeto e do respeito na vida de todas as pessoas.

 

Dia das Mães e 13 de Maio em pauta

Os alunos do 9º ano receberam um desafio ao realizarem uma atividade coletiva durante as aulas de Língua Portuguesa: descobrir e recontar a história das Bonecas Abayomi. E eles tiraram de letra!

Depois de conhecerem um pouco e pesquisarem mais sobre o assunto, os estudantes encenaram uma dramatização aos demais colegas do Ensino Fundamental II, na sexta-feira, 12 de maio.

A partir da boneca Abayomi eles relacionaram, conforme a proposta, o dia 13 de maio (em que se comemora a Abolição da Escravatura) com o Dia das Mães, fazendo lembrar a relação humana tão importante que é a maternal, mesmo quando esse o papel é representado por uma avó, tia, tio… ou mesmo pessoas não consanguíneas. Apesar da falha técnica e o som do vídeo estar praticamente inaudível, é possível acompanhar a encenação:

A reflexão foi instigada em  bate-papo após a dramatização, e os momentos familiares continuarão a promover, tanto a construção da importância do afeto quanto a desconstrução de preconceitos. Por isso se torna fundamental a parceria da família na garantia de uma formação plena aos filhos em período escolar.

A história das bonecas Abayomi

texto bonecas

A equipe pedagógica da escola agradece ao grupo por ter aceitado o  desafio e compartilhado esta história com os demais estudantes do  Ensino Fundamental II, provocando a reflexão, de forma geral.

E aproveita para agradecer às mães por nos confiarem seus filhos, que são os bens mais preciosos que se pode ter.

A todas as representações maternas que acompanham nossos alunos, o nosso abraço e votos de muito  amor e felicidades.

logo